5 Maiores Erros para você não cometer em projetos de Data Warehouse

5 Maiores Erros Para Você Não Cometer em Projetos de Data Warehouse

Muitos profissionais de BI passam por dificuldades e imprevistos na hora de fazer um projeto de Data Warehouse, mesmo que já estejam avançados nas suas carreiras.

O problema é que mesmo com experiência no mercado, eles não conseguem identificar a causa desses problemas… e por isso não sabem como solucionar

E uma escolha errada já pode fazer você atrasar o projeto ou até mesmo não entregar.

A verdade é que existem vários erros comuns que quem trabalha com Data Warehouse acaba cometendo, sem saber por quê.

Mas a boa notícia é que com a minha experiência em projetos de BI eu consegui identificar esses erros… e vou te ajudar para que você não precise passar por eles.

Nesse artigo você vai aprender:

  • Os 5 maiores erros cometidos em projetos de Data Warehouse da vida real
  • O que você pode fazer para não cair nesses erros e conseguir entregar os seus projetos com sucesso…

Mas então, quais são os 5 erros que você não pode cometer?

Erro 1: Não saber dizer não em projetos de BI

Os analistas, consultores e arquitetos de BI não sabem dizer não… e isso é um problema! 

O cliente chega pedindo coisas impossíveis, querendo que você faça chover com bolinhas de algodão e em vez de explicar que não dá pra fazer isso, você responde dizendo que vai tentar…

E acaba perdendo um tempo valioso do seu projeto com uma coisa que foge do escopo de problemas que o Business Intelligence resolve. 

Mas não adianta explicar para o cliente a parte técnica, ele não quer saber disso… 

Você precisa falar do ponto de vista do negócio, do processo, para o cara de negócios entender o que você tá falando.

Erro 2: Não saber fazer as perguntas certas no Data Warehouse

É como eu sempre falo: a tomada de decisões é relacionada ao problema do cliente. Você precisa saber qual é a pergunta que tem que ser respondida.

Se você não sabe perguntar o que o cara quer ver, o que tem que ser respondido, o projeto não vai andar.

Você pode estar se perguntando: 

“Ah, mas o que isso tem a ver com o Data Warehouse?”

Tem TUDO a ver! 

O Data Warehouse é o coração do projeto de negócios. Ele centraliza a verdade única da empresa. 

Se você colocar um dado errado ali dentro, tudo vai estar errado.

E isso envolve entendimento de negócios, envolve definição de requisitos, modelagem de dados, envolve o ETL. 

Se os dados estão errados, o problema não vai ser respondido.

Erro 3: Não saber se a ferramenta escolhida vai resolver o problema do tomador de decisão

Provavelmente você já trabalhou (ou ainda trabalha) em alguma empresa que comete esse erro. 

Primeiro compram a ferramenta e depois tentam entender qual é o problema… 

Isso acontece porque a empresa geralmente não tem certeza sobre a ferramenta que ela precisa comprar e acaba tirando as dúvidas com o fornecedor.

E claro, quem vende sempre vai dizer que a sua ferramenta resolve o problema.

Mas a verdade é que a ferramenta tem que ser aplicada para o problema e não o contrário. 

E não é porque o ETL não deu erro que quer dizer que está funcionando da forma que deveria, ok?

Não adianta a ferramenta funcionar perfeitamente com os dados errados, porque assim você não vai entregar os dados certos para o tomador de decisão.

Erro 4: Não ter um processo de Data Warehouse validado e mapeado

Esse problema aqui é o caos total!

Cerca de 70% dos projetos de BI não têm um processo claro e organizado.

O cara não tem definido o que ele precisa fazer, falaram pra ele que ele precisa ter um Data Warehouse

Então a primeira coisa que ele vai fazer é criar um banco de dados, certo? 

Errado!

Essa é última etapa. A última coisa que você vai fazer é abrir uma ferramenta de modelagem de dados e sair criando.

Por isso você precisa de um processo claro e organizado, definido antes! 

E ter um processo significa ter definido o que vai ser feito, com uma sequência clara dos passos que devem ser seguidos: A,B,C,D!  

Assim você também vai conseguir economizar tempo e agilizar a entrega do seu projeto.

E você não vai mais sofrer com um processo lento!

Erro 5 (o principal!): Não conseguir ter acesso ao usuário/cliente nos projetos de BI

Muitas vezes a gente não consegue ter acesso ao usuário de negócios. E é ele que vai saber nos dizer o que ele quer, qual problema precisa ser resolvido.

É esse cara que a gente tem que entrevistar e a partir do que ele fala definir os modelos, a solução… 

Mas no dia a dia o projeto acaba ficando pesado e com muita correria. Fica difícil mesmo ter acesso a esse cara… 

Por isso, é muito importante ter um processo validado e mapeado, para não depender só do cara de negócio.

Você precisa saber o que você precisa fazer, para te ajudar a agilizar a entrega… sem passar meses montando um Data Warehouse gigante que não vai ser usado.

Não ter o passo a passo que você precisa seguir nos seus projetos para fazer o Data Warehouse com mais facilidade te atrasa e impede que você tenha sucesso nos seus projetos de BI.

É por isso que eu sempre mapeio e documento os meus processos, para eu nunca mais ter que começar os meus projetos do zero, sem ajuda nenhuma.

Tá mas… e agora?

Agora você aprendeu quais são os principais erros cometidos na construção do Data Warehouse e sabe a importância de ter um processo mapeado.

E para você não ter que começar esse processo do zero, eu criei o ebook gratuito 7 Passos para Construir um Data Warehouse.

Nesse ebook eu ensino a criar a primeira versão do seu Data Warehouse de forma ágil, para você não perder mais tempo e avançar no seu projeto.

7 Passos para Construir um Data Warehouose
Clique no botão e entenda Como Construir um Data Warehouse em 7 passos