Data Warehouse (3 de 6) – Por Que Você Deve Aprender?

O mercado de trabalho é acirrado, e por isso precisamos melhorar constantemente, estar sempre à frente da concorrência.

No mercado de BI é comum vermos gente que não entende os conceitos básicos ou não sabe seu real objetivo. Simplesmente trabalha com BI por influência ou porque apareceu alguma oportunidade na empresa, e ele aprendeu a fazer um relatório achando que isso é BI.

Além disso, também é feita muita confusão entre os conceitos de Business Intelligence e Data Warehouse, assim como entre a diferença de DW e Data Mart.

Com a quantidade de ferramentas de BI surgindo, muita gente acredita que pagar um serviço ou ferramenta vai ser o suficiente para fazer uma solução funcional, mas antes de conseguir realmente criar algo, você precisa entender os conceitos básicos.

É comum pessoas partirem direto para a parte de pôr a mão na massa e esquecerem dos fundamentos. E onde isso implica?

Na hora de fazer o levantamento de requisitos com os setores, gerentes e key users.

Se qualquer pessoa na empresa que tenha uma noção de negócio e tomada de decisão ver que você não sabe do que se trata uma tomada de decisão, eles não acreditarão em você para pôr esse projeto em prática.

Essas pessoas são seus key users, e eles e os patrocinadores precisam acreditar no projeto (e em você) para que ele tenha continuidade.

 

Então, por que você deve aprender mais sobre Data Warehouse

Para começar, porque é o primeiro passo que você precisa dar para entrar no mercado de BI. E segundo, porque se você cometer algum erro nessa parte, vai comprometer todo o projeto.

Você precisa dominar a arquitetura e modelagem de um Data Warehouse.

Você precisa garantir:

  • Que o DW será adaptável e flexível às várias fontes de informação
  • Que o DW será escalável e evolutivo (e você tem que saber planejar essa evolução)
  • Que terá controle do acesso aos dados
  • Que o proprietário terá uma visibilidade da forma que os dados estão sendo utilizados
  • Que além de pôr segurança nos painéis e análises, também garantirá a segurança nas informações

O Data Warehouse não é desenhado apenas uma vez para ser usado sempre, ele vive em constante alteração. E você precisa garantir que essas alterações poderão ser feitas. Quando chegar uma nova demanda para a equipe de BI implementar, tanto a ferramenta quanto o banco devem suportar as novas respostas sem problemas.

Você não pode esperar que o Data Warehouse vá ser refeito toda vez que alguma alteração for necessária. Basicamente, ele precisa ser flexível para sofrer alterações contínuas.

 

Tá, mas como era aquela história de comprometer todo o projeto mesmo?

O Data Warehouse é o ponto central, a cabeça do negócio, então é obrigatório que ele esteja bom.

Dentre as partes mais crítica estão as de definição de requisitos e da modelagem dimensional. E se você errar isso, vai errar na construção do DW e dos Data Marts.

Além disso, se o DW estiver uma carroça e o cubo não obtiver resposta para uma consulta, é trabalho em vão.

De nada adianta você saber muito sobre ETL ou criação de cubos se não tiver uma boa habilidade na modelagem do Data Warehouse. Ele é a base do projeto todo, então se pecar nessa parte, o projeto vai estar comprometido e esse conhecimento todo que você tem não vai servir de nada.

 

E o que uma empresa espera quando contrata alguém para criar uma solução de BI?

Empresas precisam tomar decisões importantes diariamente. Seu trabalho como consultor de BI é auxiliar os responsáveis pelas decisões entregando relatórios e dashboards com informações atualizadas e, principalmente, corretas.

O Data Warehouse tem a missão de dar suporte à tomada de decisão. Então você precisa garantir que isso será feito corretamente. De nada vai adiantar a empresa ter milhares de dados se na hora que você modelar o Data Warehouse eles não forem bem aproveitados, porque é isso que garante que serão devidamente transformados em informação.

Se você se basear só no que já existe e fizer algo igual ao transacional, vai acabar limitado sem ter todas as análises que você precisa, e então vai tomar decisão baseada em quê?

Solução de BI custa caro, e isso não é à toa. Enquanto você trabalhar com dados e informações gerenciais de outras pessoas, você não será um trabalhador comum.

Por quê?

Imagina assim, você daria o acesso da sua conta do banco para outra pessoa ver seu extrato?

Porque é isso que as empresas fazem, elas dão acesso a todas as informações para você fazer o que precisar. E quem garante que você não vai colocar uma regra que envia um e-mail com todos os dados para alguém?

É por causa dessa responsabilidade que as empresas estão dispostas a pagar tanto por soluções de BI. E é também por causa dela que exigem profissionais tão qualificados, e não só geradores de relatórios.

No mercado de BI, você tem possibilidade de crescer muito, mas vai precisar estar devidamente qualificado para isso.

 

Ah, e se quiser que eu te avise dos novos posts conforme eles forem saindo, é só deixar seu e-mail abaixo!

 

Deixe um comentário 🙂

Leia também:

mautic is open source marketing automation